Sérgio de Iudícibus

foto do professor Sérgio de Iudicibus

Sérgio de Iudícibus nasceu na cidade de Bari, Itália, em 25 de setembro de 1935. Aos treze anos migrou para o Brasil acompanhado de seus pais. Naturalizou-se brasileiro, apaixonou-se pela Sociedade Esportiva Palmeiras e se casou com Ely Federico de Iudícibus, com quem teve dois filhos: Paulo Sérgio e Renata.

Iudícibus começou a freqüentar a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEAUSP) já no cursinho ministrado no âmbito da Faculdade. Graduou em 1961 e, a partir de então, sem nunca ter imaginado, tornou-se Professor Titular, Chefe de Departamento de Contabilidade e Atuária e Diretor da FEA e ascendeu à láurea máxima da Faculdade: o título de Professor Emérito.

Filho de pai contador e mãe economista, o professor Iudícibus nunca questionou sua vocação para a contabilidade, afirmando que, em seu tempo, a profissão, apesar de pouco reconhecida, sempre lhe garantiu o sustento e a possibilidade de estudar.

Sua opção pela Universidade, no entanto, surgiu por intermédio do Professor Emérito Atílio Amatuzzi, que lhe ofereceu o cargo de monitoria valendo-se da boa fluência de Iudícibus para traduções de livros do italiano. Em 1962, ano seguinte a sua graduação, e a convite do próprio professor Amatuzzi, Iudícibus assumiu a função de Professor Assistente.

Em 1966, tornou-se Professor Doutor. Seu trabalho intitulado “Contribuição à Teoria dos Ajustamentos Contábeis” é considerado um precursor da escola de correção monetária brasileira. Dois anos mais tarde, em 1968, conquistou a Livre-Docência na própria FEA. Em 1976, por concurso de títulos e provas, foi nomeado ao cargo de Professor Titular da FEAUSP.

Como profissional da Contabilidade especializou-se nas seguintes áreas: Teoria da Contabilidade, Contabilidade de Custos, Contabilidade Gerencial, Contabilidade Internacional, Métodos Quantitativos Aplicados à Contabilidade (Contabilometria).

É autor e co-autor de livros de grande utilização por docentes e discentes de cursos de Contabilidade, Economia e Administração. Entre os quais: “Contabilidade Introdutória”, o maior ‘best-seller’ da disciplina; “Análise de Balanços e Teoria da Contabilidade”, o livro mais usado até hoje entre alunos da graduação e pós-graduação da disciplina de Teoria da Contabilidade, e “Manual de Contabilidade das Sociedades por Ações”, contribuição marcante para a comunidade contábil.

À frente da direção da FEA, no período entre 1979 e 1983, Iudícibus promoveu diversos concursos para Professor Titular, semeou a idéia de período integral para os alunos e professores e estimulou a produção da história da FEA com a organização em dois volumes da obra “História da Faculdade de Economia e Administração de São Paulo 1941/1981”, produção executiva da professora Alice Piffer Canabrava. Em 1982, participou da lista sêxtupla indicada pelo Conselho Universitário para Reitor da USP e alcançou a segunda colocação.

Em sua vida de magistério, Iudícibus foi ainda coordenador da Pós-Graduação da EAC, Professor Visitante na Universidade de Kansas, EUA, conferencista nas universidades de New Mexico e Illinois, EUA, e de Pisa, Itália.

Ademais, ao Prof. Dr. Sérgio de Iudícibus foi conferido, no ano de 2004, o título de Professor Emérito da FEA. Prêmio recebido com modéstia e orgulho: “Espero ser digno disso no futuro; sou jovem, ainda!”.

Também foi condecorado duas vezes Profissional do Ano pela Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) em 1988 e 1999; homenageado com a Medalha Joaquim Monteiro de Carvalho, pelo Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo, em 1998; e agraciado com o título Doutor Honoris Causae, pela Fecap, em 2002.

Aposentou-se como Professor Titular da FEA em 1991, contudo seguiu com seus trabalhos nos cursos de mestrado e doutorado da Faculdade.

Outros cargos assumidos por Iudícibus ao longo de sua carreira foram:

- Diretor de Fiscalização do Banco Central do Brasil, 1993;

- Assessor de Política Financeira da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo;

- Secretário Executivo do Conselho de Defesa dos Capitais do Estado;

- Presidente da Fipecafi (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis Atuariais e Financeiras), assim como de seu Conselho Curador;

- Diretor da Fuvest;

- Diretor da Anefac;

- Membro de comitês editoriais de inúmeras revistas nacionais e internacionais.

“As lembranças, as lutas, as dificuldades e os sucessos pavimentaram o caminho que me leva, sempre, ao seio de nossa Faculdade, com muito carinho. Ela é a minha alma mater”.

Professor Emérito Sérgio de Iudicibus