MOÇÃO DA CONGREGAÇÃO DA FEAUSP DE APOIO À NOTA DO CONSELHO DE REITORES DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS PAULISTAS (CRUESP) AO PORTAL G1 E À GLOBONEWS, DE 5.9.2020.

MOÇÃO DA CONGREGAÇÃO DA FEAUSP DE APOIO À NOTA DO CONSELHO DE REITORES DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS PAULISTAS (CRUESP) AO PORTAL G1 E À GLOBONEWS, DE 5.9.2020.

A Congregação da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, em sessão realizada no dia 16 de setembro de 2020, manifestou apoio integral à nota do Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (CRUESP), que segue transcrita:

“Nota do Cruesp ao Portal G1 e à GloboNews

São Paulo, 5 de setembro de 2020

Sobre a reportagem “Governo de SP muda projeto de ajuste fiscal e desiste de tirar sobra de caixa de universidades e da Fapesp a partir de 2020”, veiculada no Portal G1 e reproduzida na GloboNews em 4 de setembro, apesar de as mudanças anunciadas pelo líder do governo na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) representarem um relativo avanço, o Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) considera que prever a transferência dos superavits dessas instituições referentes ao ano de 2019 segue sendo uma afronta aos princípios da autonomia universitária em vigor há três décadas.

Dessa forma, o Cruesp reafirma nos seguintes termos a contrariedade a esse ponto do Projeto de Lei 529/2020 que tramita na Alesp:

1. Não se deve aplicar a utilização do superávit das universidades para quaisquer outras finalidades. Trata-se de um dos pilares fundamentais da autonomia de gestão financeira e orçamentária;

2. O propósito de recolher o superávit financeiro para financiar as despesas com aposentados e pensionistas seria inócuo, dado que as universidades já realizam tal procedimento orçamentário e financeiro. Os aposentados das universidades são pagos pela cota-parte do ICMS e não pela SPPREV;

3. As receitas de convênios, por força de lei, não podem fazer parte do PL 529/20;

4. As universidades, por terem sua receita vinculada ao ICMS, já sofreram um enorme impacto financeiro durante os períodos de crise econômica dos últimos anos, e principalmente durante a pandemia.

O Cruesp seguirá aberto ao diálogo e acompanhará atentamente os encaminhamentos do Executivo e do Legislativo em relação ao referido projeto de lei.

Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas”

Mensagem em PDF

Data do Conteúdo: 
Sexta-feira, 18 Setembro, 2020

Departamento:

Sugira uma notícia