Perfil do profissional

O perfil profissional desejado para o egresso do curso de Ciências Atuariais da FEA-USP, enfatizando a responsabilidade social e a atuação técnica e instrumental, de modo integrado com outros profissionais, além do domínio de habilidades e competências inter e multidisciplinares, é o seguinte:
 
  1. Ter cultura científica, interagindo com outros profissionais e demonstrando uma visão sistêmica e interdisciplinar da atividade atuarial. O trabalho atuarial começa com interação com outros profissionais. Assim, o atuário deve estar habilitado a participar ativamente das decisões. Ou seja, precisa conhecer os fundamentos mais gerais da área em que ajudará na solução de problemas.

  2. Ter capacidade de expressão e de comunicação, oral e escrita, utilizando adequadamente a terminologia e a linguagem inerente das Ciências Atuariais. Esta capacidade é desenvolvida por meio de sólida formação teórica, de forma a proporcionar a compreensão das Ciências Atuariais como ciência aplicada e promover a participação ativa de discussões sobre problemas com profissionais de outras áreas e com leigos que utilizarão seus serviços (participantes, segurados e acionistas).

  3. Ter conhecimento das técnicas de mensuração e modelagem das variáveis de sua área de atuação e de organização e gerenciamento de banco de dados e de desenvolvimento de sistemas de informações atuariais.

  4. Ter conhecimento na área financeira e consciência técnica de que os ativos gerenciados não servem apenas para fomentar a busca pela maior relação entre retorno e risco possível, mas que estão atrelados a passivos atuariais relacionados a algum compromisso econômico-financeiro de bem-estar social.

  5. Ter raciocínio lógico e analítico apurados, sem prejuízo de criatividade, o que significa saber usar os modelos básicos de análise estatística e modelagem atuarial para desenhar novos mecanismos de proteção social, particularmente na forma de seguros gerais, pessoais, de previdência e saúde.

  6. Ter conhecimento de legislação geral e específica do negócio e do país em que atua, além de ética e proficiência com relação às atribuições e prerrogativas que lhes são prescritas.

  7. Exercer suas responsabilidades com o domínio das questões atuariais, patrimoniais e governamentais, viabilizando o cumprimento das obrigações dos agentes econômicos, sociais e administradores quanto ao gerenciamento, preservação da solvência das instituições e interesses da sociedade.

  8. Possuir capacidade crítica para analisar os conhecimentos adquiridos, adaptabilidade às novas situações e iniciativa para a realização de pesquisa, além de capacidade de trabalhar em equipe multidisciplinar.

  9. Desenvolver habilidades gerenciais entre equipes multidisciplinares para a captação de insumos necessários aos controles técnicos, à geração e disseminação de informações atuariais.

 
De forma complementar, espera-se que os egressos do Curso de Graduação em Ciências Atuariais deverão desenvolver competência profissional, formada pelo conjunto de competências técnicas (conteúdos técnicos), habilidades profissionais (intelectuais, interpessoais e de comunicação, pessoais, organizacionais e de gestão de negócio) e valores e atitudes profissionais e éticos.

De posse dessas competências técnicas, habilidades e valores e atitudes profissionais e éticos, o Atuário pode exercer atividades em qualquer tipo de organização, pública ou privada, ou ainda, pode atuar como profissional liberal, consultor, auditor, perito, dentre outros.