Histórico

Criado em 1975, o PPGA da FEA-USP é um dos mais antigos programas de pós-graduação em Administração do Brasil e também um dos mais bem avaliados pela CAPES, tendo obtido a nota 7 (sete) por três vezes consecutivas, nas avaliações trienais de 2007-2009 de 2010-2012, bem como no quadriênio 2013-2016. Por conta desse desempenho, o PPGA atualmente faz parte do PROEX (Programas de Excelência da CAPES).

Por conta de sua longa trajetória, o PPGA tem uma participação importante na história da Pós-Graduação da área. É importante destacar, por exemplo, o papel do PPGA na formação de recursos humanos qualificados ao longo do tempo. De sua criação até o ano de 2019, o PPGA formou 2.028 alunos (1.189 mestres e 839 doutores), constituindo-se no programa que mais formou mestres e doutores em Administração no Brasil.

Mesmo com o crescimento do número de programas de doutorado nos últimos anos, a participação do PPGA da FEA-USP tem se mantido significativa. De acordo com os dados do GEOCAPES, o PPGA titulou 115 doutores de um total de 627 (18%) no triênio 2010-2012 e 147 doutores de um total de 1366 em programas de administração (11%) no quadriênio 2013-2016. Considerando apenas esse período mais recente, 2010 a 2016, o PPGA da FEA-USP foi o programa que mais titulou doutores no Brasil (o PPGA titulou 262 doutores contra 179 doutores do segundo maior programa em termos de titulação).

Historicamente, o PPGA tem formado Mestres e Doutores que atuam nos mais diversos ramos de atividade, desde ensino, pesquisa e extensão até atividades empresariais como empreendedores ou executivos de alto escalão, tanto do setor público quanto do privado. Entre os egressos do PPGA que atuam no meio acadêmico, podem ser encontrados professores de graduação, professores e pesquisadores de programas de pós-graduação, diretores e reitores. No mercado não acadêmico podem ser encontrados presidentes e diretores de empresa, dirigentes de importantes órgão públicos, empresários e empreendedores.