Mestrado - Identificação e análise dos riscos corporativos envolvidos ns relações com os agentes externos do processo de inovação de produto: o caso da Volkswagen do Brasil

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
21/10/2019 - 10:30 até 13:30

 

Ricardo Fernandes Santos             

Mestrado - Identificação e análise dos riscos corporativos envolvidos ns relações com os agentes externos do processo de inovação de produto: o caso da Volkswagen do Brasil

Orientador: Prof. Dr. Fabio Lotti Oliva

Comissão: Profs. Drs. Celso Cláudio de Hildebrand e Grisi, Eduardo Pinheiro G. de Vasconcellos e Marcos Antonio Franklin                           

Local: Sala 217, FEA-1

Resumo*

O objetivo deste estudo é analisar os riscos corporativos identificados nas relações com agentes externos envolvidos no processo de inovação tecnológica de produto (PITP). Para a caracterização do PITP foi empregado o modelo Stage-Gate e para a identificação e análise de riscos foram considerados os modelos COSO, ISO31000 de gestão de riscos corporativos. Foram identificados os agentes externos que estão envolvidos na realização das atividades dos estágios do PITP. As relações com estes agentes foram caracterizadas conforme os critérios elaborados na pesquisa. Foram identificados os riscos corporativos envolvidos nas relações com os agentes externos do PITP. A análise dos riscos corporativos considerou multifatores de análise e a interação que riscos corporativos apresentaram com a relação aos agentes externos e aos estágios do PITP. O caso escolhido para a aplicação desta pesquisa foi o PITP da Volkswagen do Brasil, empresa de classe mundial e com caso de sucesso em inovação incremental de produto na indústria automobilística brasileira. A coleta de dados ocorreu através de entrevistas de roteiro semi-estruturado com profissionais de nível gerencial atuantes do processo de inovação tecnológica da companhia, também foram realizadas observação de campo e consulta a material institucional da companhia. Os dados coletados foram planilhados e codificados seguindo a ordem do roteiro semiestruturado das entrevistas e respeitando padrões emergentes de dados. Após, foi realizada a triangulação interna de dados e a triangulação de fontes. O modelo conceitual de pesquisa, o roteiro semi-estruturado de entrevista foram avaliados e validadas por especialistas. Os resultados apontam que as relações com a matriz, com os fornecedores de peças e de insumos para a produção, os distribuidores e os consumidores apresentam alta importância e são estabelecidas frequentemente para a realização das tarefas durantes os estágios do PITP. Quanto à identificação e análise dos riscos nas relações com os agentes externos envolvidos no PITP constatou-se que os estágios do PITP de desenvolvimento e de testes e validação concentram o maior número de riscos identificados nestas relações. Na análise de prioridade de riscos, baseada na matriz de criticidade e de gravidade dos riscos, nenhum risco do estágio de projeto do PITP foi priorizado. A maior parte dos riscos priorizados foram identificados nas relações com agentes externos envolvidos no estágio de lançamento do PITP, onde o impacto dos riscos pode afetar a comercialização do novo produto. A análise dos resultados da pesquisa gerou informações que podem ser aplicadas para a tomada de decisão em gestão de riscos, gestão de projetos de inovação de produto, gestão das relações institucionais e para a gestão estratégica de organizações.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos