Mestrado - Environmental, social and governance: análise de investimentos no agronegócio sob a perspectiva de fundos de investimentos

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
10/11/2021 - 10:00 até 13:00

 

Ritchelle Procknow

Mestrado - Environmental, social and governance: análise de investimentos no agronegócio sob a perspectiva de fundos de investimentos

Orientador:  Prof. Dr. Cláudio Antonio Pinheiro Machado Filho

Comissão: Profs. Drs. Jose Roberto Ferreira Savoia, Marco Antonio Conejero e Prof. Dr. Pedro Braga Sotomaior Karam

Transmissão: https://youtu.be/-2DA0M12oxg

Resumo*

Crescimento populacional, mudanças de consumo, aumento do poder aquisitivo e processo de urbanização são algumas das variáveis estruturais que influenciam diretamente a produção agrícola. Vivemos em um mundo que se encontra em constante crescimento e transformação, onde o Brasil será responsável pelo suprimento de uma grande demanda das necessidades mundiais quanto derivados da produção agrícola. Desta forma, será também necessária a expansão da produção agrícola e o mercado de capitais está sendo um importante veículo de fomento para seu desenvolvimento e crescimento. Frente a este contexto, há uma intensa preocupação mundial quanto as questões de sustentabilidade perante expansão da atividade agrícola e crescimento das companhias de sua cadeia produtiva. Uma das partes mais sensíveis e importantes quando falamos em agronegócio é o meio ambiente pela relevância quanto impacto e consumo de recursos naturais limitados. Pelo lado social, o setor possui importante papel econômico quanto geração de renda de muitas famílias dependentes da atividade agrícola e demais setores de sua cadeia produtiva, como também perante suprimento alimentar da população mundial. Pelo lado da governança há muito que ser construído para que o agronegócio cresça de forma organizada, com bases sólidas e sustentáveis no mercado de capitais. A partir do exposto e da crescente demanda por investimentos sustentáveis calcados em princípios ESG (Environmental, Social and Governance), este estudo buscou responder ao seguinte problema de pesquisa: Como os fundos de investimentos, sob análise de investimentos responsáveis quanto Environmental, Social and Governance (ESG), estão inserindo o agronegócio em seus portfólios de investimentos? Partindo do princípio de que a demanda maior do agronegócio será sobre a produção de alimentos, alocações exclusivamente em ações não serão o maior impulsionador da efetiva contribuição do agronegócio à sociedade. Desta forma, novas formas de financiamento estão sendo inserindo o setor no mercado de capitais através do investimento no ativo mais valioso da atividade agrícola: a terra. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, com o intuito de buscar compreender de que forma as gestoras estão gerindo recursos do agronegócio e inserindo em suas análises as bases de princípios ESG na decisão de investimento. A pesquisa trata-se de um estudo de casos múltiplos, analisando três gestoras, duas com alocação em um mesmo segmento porém em fases de implementação diferentes e a outra gestora com posição em uma parcela de ações do setor. Os dados foram coletados através de entrevistas e análises de documentos. As principais conclusões foram: (1) há um grande poder de crescimento do agronegócio em diferentes formas de financiamento através do mercado de capitais; (2) o ESG será uma valiosa ferramenta de melhorias em lacunas presentes no setor; (3) é necessário o desenvolvimento de um framework ESG destinado ao setor do agronegócio, enfatizando para questões de prioridade na agenda sustentável do setor; e (4) o desafio do agronegócio está em comunicar ao mundo que é possível e que produzimos de forma sustentável. Através deste estudo, espera-se que o mesmo contribui para o desenvolvimento de novas pesquisas na temática do agronegócio e os princípios de investimentos baseados nos pilares ESG.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos