Mestrado - A competição entre as instituições de ensino superior privadas de direito

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
05/10/2021 - 10:00 até 13:00

 

Carolina Rodrigues De Almeida Prado

Mestrado - A competição entre as instituições de ensino superior privadas de direito

Orientador: Prof. Dr. Paulo Roberto Feldmann

Comissão: Profs. Drs. Nuno Manoel Martins Dias Fouto, Reynaldo Fernandes e Marcio Shoiti Kuniyoshi

Transmissão: https://youtu.be/vu1z2rhjofi

Resumo*

As empresas do setor da educação, em especial as do ensino superior, estão inseridas em ambientes cada vez mais competitivos. Elas são maioria tanto no número de IES quanto no total de matrículas comparadas as instituições públicas. Essa grande oferta de IES privadas dificulta, tanto para os futuros discentes quanto para o mercado, identificar as instituições que possuem a maior qualidade. Apesar disso, existem poucos estudos teóricos dedicados a esse setor. Considerando essa lacuna, o objetivo deste estudo foi analisar dentro do curso de Direito se a qualidade das IES privadas é refletida nos valores cobrados como mensalidade. Para o alcance do objetivo, o setor de educação superior em direito na cidade de São Paulo foi descrito e segmentado e foram utilizadas variáveis quantitativas. As taxas de aprovações na OAB (dados secundários) e os valores das mensalidades das vinte e oito IES privadas (dados primários) representam as variáveis analisadas. Dentro da análise estrutural do setor, utilizando as metodologias de Michael Porter, observa-se que o setor apresenta uma média atratividade. A rivalidade entre os atuais concorrentes é alta, enquanto o poder dos clientes e a ameaça dos bens substitutos são forças baixas e a ameaça de novos entrantes e o poder dos fornecedores são forças moderadas. Na segmentação do setor, foram utilizados dois modelos teóricos. Em ambos, três das vinte oito IES possuíam um maior número de estudantes que realizaram o exame da ordem se comparado com a soma das outras vinte e cinco IES do estudo. Sendo possível evidenciar a concentração do sistema privado da educação brasileira, que deve se acentuar com a crise financeira gerada pela pandemia do Covid-19. Por fim, os dados coletados e selecionados corroboram com a literatura que a qualidade do ensino oferecido pode ser refletida nos preços das mensalidades das IES. Tendo encontrado tais resultados, foi possível identificar duas possíveis estratégias para IES privadas que desejam sobreviver: ou a diferenciação no caso de instituições de elite que apesar de ofertar poucos cursos possuam uma excelente reputação / status ou através da atuação em escalas grandes e ofertando cursos em diversas áreas.

*Resumo fornecido pelo autor

 

Departamento:

Voltar para a página de eventos