Mestrado - Classe média:segmentação e análise comparativa com base na alocação do orçamento familiar no Brasil

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
27/11/2019 - 14:00 até 17:00

 

Bárbara Silva Garcia

Mestrado - Classe média:segmentação e análise comparativa com base na alocação do orçamento familiar no Brasil

Orientador: Prof. Dr. Paulo Roberto Feldmann

Comissão: Profs. Drs. José Afonso Mazzon, Abrão Caro e Mateus Canniatti Ponchio                         

Local: Sala 217. FEA-1

Resumo*

A classe média representa aproximadamente metade da população brasileira, o que indica a relevância desse segmento de demanda reconhecido globalmente por seu potencial para impulsionar o crescimento de países emergentes. No entanto, apesar de ser um termo comumente utilizado, apresenta muitas variações e complexidades de definição conforme a perspectiva da análise. Com o objetivo de identificar o padrão de consumo por meio da alocação do orçamento familiar, o presente estudo considera a classificação econômica para a classe média com base no potencial de consumo dos lares brasileiros. Assim, uma primeira análise de segmentação, diferenciando a alocação de orçamento para onze categorias (compras de abastecimento do lar, transporte, lazer, saúde, educação, comunicação, contas do lar, alimentação fora do lar, investimentos financeiros, vestuário e beleza), apresenta três grupos ordenados por renda per capita em alta (C1), média (C2) e baixa (C3) classe média. A baixa classe média desponta como o grupo de maior representatividade, com 52% dos domicílios. A partir dos grupos identificados, são realizadas comparações para as categorias de gastos orçamentários mencionadas identificando as similaridades e diferenças na sua alocação entre a própria classe média e em relação às classes superior e inferior, resultados mostram que quando há um aumento na hierarquia econômica nem sempre há um aumento do nível de gastos para todas as categorias e, por outro lado, uma classe inferior pode apresentar gastos superiores às classes de maior poder aquisitivo para algumas categorias. Por fim, são levantadas opiniões sobre as preocupações com o futuro e expectativas de consumo após o período de crise para um entendimento mais completo sobre o comportamento de compra da classe média no Brasil.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos