Mestrado - Administração da dívida pública: um estudo para o caso brasileiro

A dissertação de mestrado de Guilherme Tinoco de Lima Horta, defendida dia 3 de junho, busca estudar estratégias eficientes para a gestão da dívida pública brasileira. Utiliza-se uma metodologia recorrente na literatura, que consiste em estimar e simular a economia através de um modelo estrutural Novo-Keynesiano e, em seguida, verificar qual o comportamento da relação Dívida/PIB para vários tipos de composição da dívida.

Trabalha-se, portanto, com uma análise de risco e retorno para diversas carteiras da dívida, em uma abordagem focada na fronteira eficiente. Duas classes de modelos são utilizadas: backward-looking (BL) e o forward-looking (FL). A estimação foi realizada por Mínimos Quadrados Ordinários e a amostra utilizada foi trimestral, variando do primeiro trimestre de 1999 ao terceiro trimestre de 2010. Os resultados principais indicam que, quando se trabalha com um modelo FL, as carteiras eficientes são compostas quase que exclusivamente por títulos indexados à inflação. Por outro lado, quando se utiliza um modelo BL, os resultados indicam que as carteiras eficientes são híbridas, sendo compostas por títulos de diferentes indexadores, incluindo grande parte de títulos indexados à inflação.

Mestrado Economia

Guilherme Tinoco de Lima Horta
Orientador: Prof. Dr. Siegfried Bender
Comissão julgadora: Profs. Drs. Fabiana Fontes Rocha e Reynaldo Fernandes

18/07/2011

Notícias Relacionadas