FEA Professores - Presença Marcante

Visita Mesut AkdereMesut AkdereO professor e pesquisador da Universidade de Wisconsin-Milwaukee (Estados Unidos) Mesut Akdere foi convidado para ministrar uma disciplina no curso de pós-graduação da FEA. Foram duas semanas muito ricas e de trabalho intenso, de 14 a 29 de setembro, em torno do tema - Human Research Development (HRD) ou Desenvolvimento de Recursos Humanos.

Tendência nos Estados Unidos e na Ásia, mas pouco conhecida no Brasil que está mais ligado à linha européia, a abordagem reúne desempenho organizacional, capacitação gerencial, gestão da qualidade, liderança, treinamento e educação. Falando dessa conexão com entusiasmo, o professor Mesut encantou a turma de alunos formada por alunos da FEA, dos cursos de pós-graduação em Administração e em Controladoria e Contabilidade, e da FECAP (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado).

"O objetivo desse curso foi trazer essa perspectiva para a FEA, uma abordagem inovadora que privilegia o agente humano. Foi interessante provocar essa reflexão no contexto tecnicista como o da Contabilidade. Conheci o professor Mesut, que é um pesquisador dessa área em congressos internacionais, e ele demonstrou interesse em conhecer o Brasil. Ele trouxe oxigênio novo para a pós", comenta Edgard Cornachione, chefe do Departamento de Contabilidade e Atuária e responsável pela aula inaugural do curso.

Para os participantes, a dinâmica e a metodologia do curso foram um capítulo à parte, com apresentações de vídeos, debates e muita reflexão sobre as experiências abordadas. "O professor Mesut se preocupou também em conhecer o ambiente empresarial brasileiro e, sempre que possível fazia comparativos entre os cenários dos Estados Unidos, da Turquia, seu país de origem, e o Brasil. E o fato de ser ministrado em inglês, aspecto que, a princípio gerou um certo receio, acabou se transformando em uma experiência enriquecedora para todos", aponta Renato Azevedo, que atuou como assistente do professor.

Para o professor Edgard, aumentar a presença de professores visitantes se transformou numa meta. "Os alunos se sentiram prestigiados com o interesse do professor Mesut, que também estava interessado em aprender com eles. Mesmo com a barreira da língua, o intercâmbio abre a cabeça das pessoas para visões diferentes e desperta para a inovação", comenta professor Edgard.

Conhecer o Brasil tem sido uma motivação constante entre os visitantes estrangeiros, mas o interesse do professor Mesut era ainda maior. "Como sua esposa é meio brasileira, eles queriam resgatar os parentes desse lado da família. O interessante é que encontraram um primo que é marido de uma funcionária da FEA, Cleusa Soares", conta Renato.

Além de conhecer e se reunir com familiares, a visita propocionou ao professor Mesut a oportunidade de conhecer iguarias como água de coco e caldo de cana. "Simpático e falante, ele realmente se tornou uma presença marcante na FEA", lembra Renato.

10/12/2010

Notícias Relacionadas