Antes

Aceitação pela Instituição Estrangeira

Estudantes selecionados para o programa de intercâmbio precisarão seguir alguns procedimentos básicos para serem aceitos pela instituição estrangeira. Esses procedimentos variam muito de instituição para instituição, mas geralmente incluem o preenchimento de um formulário de inscrição (normalmente em formato online) e a disponibilização de alguns documentos pessoais (histórico da FEA, cópia do passaporte, comprovante de conhecimento do idioma, etc.). A CCInt FEA orienta e auxilia os futuros intercambistas nesse processo.

O risco de não-aceitação pela instituição estrangeira é muito pequeno. Uma aceitação formal  pela instituição estrangeira ocorre normalmente através de uma carta enviada física ou digitalmente – que será necessária para o posterior processo de obtenha do visto. Exceções a essa regra serão devidamente comunicadas ao candidato pela CCInt FEA (é o caso típico de quem vai estudar na Holanda).

O tempo decorrido entre a entrega de documentos e a emissão da carta de aceitação também varia muito, conforme os procedimentos adotados pelas instituições. E o tempo decorrido para obtenção do visto pode variar mais ainda, de alguns dias a alguns meses, conforme os procedimentos adotados em cada país.

Para a emissão do visto, as autoridades consulares solicitarão outros documentos, de natureza pessoal, que são de inteira responsabilidade do estudante. A CCInt FEA pode orientar e auxiliar o estudante quanto ao processo de obtenção do visto, mas nunca interferir no mesmo. Informações sobre esse processo devem ser levantadas junto ao respectivo consulado.

Acomodação

Informações sobre os tipos de alojamentos disponíveis e a forma de requisitá-los serão  fornecidas  diretamente pela instituição para a qual o estudante foi selecionado. Algumas instituições oferecem alojamento próprio ou terceirizado para estudantes estrangeiros; outras indicam opções alternativas de acomodação para o intercambista e/ou indicam quem deverá ser procurar para maiores informações a esse respeito. Lembramos que qualquer que seja a acomodação utilizada no intercâmbio, esta será paga e de responsabilidade do estudante.

Seguro-Saúde

Um seguro-saúde de validade internacional é imprescindível para um período no exterior. São muitas as opções existentes, o estudante poderá analisá-las durante o semestre e escolher a mais adequada. Algumas instituições estrangeiras auxiliam o intercambista nesse assunto também (algumas, na verdade, exigem um determinado plano de seguro).

Sugestões de seguros já utilizados por intercambistas FEAnos: World Nomads, Assist Card, Intercare, ISIS, GTA, Atlas International, CareMed, Vital Card.

Matrícula na FEA

Quem realizar intercâmbio estará regularmente matriculado em “Cursando Disciplinas no Exterior” durante aquele semestre. A regularização dessa matrícula será providenciada pela CCInt FEA e pela Seção de Alunos da FEA, não sendo necessário nenhum procedimento da parte do estudante para esse fim.

Reunião de Orientação

No final de cada semestre, a CCInt FEA realizará uma reunião de orientação e integração com o grupo de FEAnos que participará do programa de intercâmbio no semestre seguinte.