dot Departamento Pessoas Graduação Pós-Graduação Biblioteca Núcleos de Pesquisa  
 

 

 

 

 

 

 

Doutorado em Economia do Desenvolvimento

A seleção dos candidatos ao Curso de Doutorado em Economia na área de Economia do  Desenvolvimento é feita pela Coordenação de Pós-Graduação em duas etapas. Na primeira, eliminatória, é realizada uma avaliação de currículo acadêmico, histórico escolar do mestrado, duas cartas de recomendação e projeto de pesquisa. O projeto de tese deve ser conciso, com no máximo 15 páginas em espaço 1,5 (um e meio), fonte Times New Roman tamanho 12, compreendendo um resumo de no máximo 20 linhas, introdução (incluindo uma breve revisão da literatura pertinente), justificativa, objetivos, metodologia, plano de trabalho e cronograma de execução. O projeto deve ter o aval do orientador provável do aluno.


Cada candidato receberá uma nota global com base nos documentos submetidos (currículo, histórico, cartas e projeto). Candidatos com nota global inferior a 5,0 (cinco) (em um total de 10,0) serão eliminados. Embora não haja notas individuais para cada quesito, o peso dado a cada um deles na definição da nota global é: projeto (peso de 70%), Curriculum Lattes e histórico escolar (peso de 15%), cartas de recomendação (peso de 15%). Somente aqueles aprovados na primeira etapa se submetem, na segunda etapa, às provas escritas de Macroeconomia, Microeconomia e Economia Brasileira, além de uma entrevista.


A utilização de diversos critérios no processo seletivo visa obter uma avaliação equilibrada que leve em conta o desempenho acadêmico e o potencial de pesquisa dos candidatos. Em particular, os candidatos devem se preparar para a realização das provas escritas nas três áreas básicas (Macroeconomia, Microeconomia e Economia Brasileira) e dedicar-se à elaboração de um projeto de pesquisa que demonstre conhecimento da literatura relevante, clareza nos objetivos e consciência acerca de sua possível contribuição à literatura do tema escolhido.


Nas três provas os candidatos serão avaliados em duas dimensões básicas: o entendimento conceitual de importantes tópicos em microeconomia, macroeconomia e economia brasileira, e também a capacidade analítica de manipular modelos e deles tirar implicações, no caso de micro e macroeconomia, ou a capacidade de relacionar autores e explicações alternativas, no caso de economia brasileira. Em cada uma das provas é necessário que o candidato tenha média no mínimo igual a 5,0 (cinco). Cada projeto dos candidatos selecionados para a segunda fase será avaliado individualmente pela comissão de seleção. Na classificação final, a média aritmética simples das notas das três provas terá peso de 60%. Os 40% restantes serão dados pela nota do projeto de pesquisa e entrevista.


O conteúdo permanente das provas é descrito em anexo  sendo importante mencionar que dos tópicos de economia brasileira apenas cinco deles serão selecionados a cada ano para a prova daquele processo seletivo. Vale dizer que o edital do processo seletivo é que determina o conteúdo efetivamente válido em cada ano.

 

Há um folder que resume as informações sobre o processo seletivo de 2012 que pode ser acessado aqui.

O edital do processo seletivo de 2012 que contém os detalhes sobre a inscrição e o processo de seleção está disponível aqui  

 

Datas importantes


Inscrições: de 09/04 a 18/05/2012

 
Resultado da primeira fase: 31/05/2012


Provas e entrevistas: 18 e 19/06/2012

 
Resultado final: 06/07/2012 


 

Orientadores

 

Os candidatos deverão escolher orientadores que estejam devidamente credenciados no Programa e que façam parte dos grupos ou linhas de pesquisa da Área de Concentração em Economia  do Desenvolvimento. Por ora, os seguintes professores atendem a essas exigências:

Ana Maria Afonso Ferreira Bianchi
Antonio Carlos Coelho Campino
Carlos Roberto Azzoni
Carlos Eduardo Soares Gonçalves

Danilo Camargo Igliori
Dante Mendes Aldrighi
Denisard Cnéio de Oliveira Alves

Denise Cavallini Cyrillo
Eleutério Fernando da Silva Prado

Eduardo Amaral Haddad

Elizabeth M.M. Q. Farina
Fabiana Fontes Rocha

Fábio Kanckuc

Fernando Postali 
Gilberto Tadeu Lima
Hélio Nogueira da Cruz
Hélio Zylberstajn
Heron Carlos Esvael do Carmo
Joaquim José Martins Guilhoto

Joe Akira Yoshino

José Francisco de Lima Gonçalves 

José Paulo Zeetano Chahad
José Raimundo Novaes Chiappin
Leda Maria Paulani

Maria Cristina Cacciamali
Maria Rita Garcia Loureiro Durand

Marilda Antonio de Oliveira Sotomayor

Naercio Aquino Menezes Filho
Pedro Garcia Duarte

Renato Perim Colistete
Ricardo Abramovay

Rodrigo De Losso da Silveira Bueno

 

 

Formulários

Formulário de Inscrição

Carta de recomendação


Provas anteriores

Macroeconomia

Microeconomia

Economia Brasileira


Relação de Aprovados

Elaine Cristina de Piza

Guilherme de Oliveira

Julia Mendonça da Costa

Mariana Neubern de Souza Almeida

Rafael Saulo Marques Ribeiro