Semana de palestras discute caminhos da Administração

Por Giovanna Costanti

Realização do Centro Acadêmico Visconde de Cairu (CAVC), a Semana de Administração organizou mesas, de 26 a 29 de agosto, a fim de discutir a atuação da Administração nos âmbitos acadêmico e profissional e complementar a formação dos alunos feanos. 

A Semana também contou com outras mesas que discutiram desde iniciativas de empreendedorismo até os dilemas na gestão do futebol feminino. Os alunos também tiveram acesso a um workshop sobre como se portar em um processo seletivo. 

A mesa de abertura abordou a área de gestão de pessoas, um dos principais campos de atuação do curso de Administração, trazendo a perspectiva das entidades universitárias e do mercado de trabalho através da participação de membros da FEA Social. 

Isabela Yagi, ex-presidente da entidade, contou como sua experiência durante os anos de graduação na FEA contribuíram para que fosse uma das sócias da Expresso Labs, empresa focada no desenvolvimento de apps e softwares. No empreendimento, Yagi estruturou e coordena a área de “Gente e Gestão”. 

Segundo a ex-aluna, a área de gestão de pessoas é uma das que mais cresce atualmente. Através de acompanhamento dos funcionários, feedbacks, planos de carreira e com um olhar “de fora”, o RH ajuda a gerar integração e motivação entre os membros da empresa. 

A mesa também discutiu o surgimento de uma nova área na Administração, o “negócio social”, empresa criada para ajudar pessoas para além de gerir lucros. 

Mercado de trabalho

As novas perspectivas do mercado de trabalho na área também foram abordadas em mesa que contou com a presença de Kavita Hamza, professora da casa, Leonardo Lapa, especializado em setor público, e Ana Laginha, ex-aluna e coordenadora da área de recursos humanos do Itaú. 

A multiplicidade de áreas de atuação dos convidados mostrou que há muitas opções no mercado de trabalho da Administração. De acordo com a professora Kavita, para aqueles que pretendem seguir carreira acadêmica, é importante se manter atualizado. “É uma área com descobertas novas e com embates de ideias que sempre levam à apresentação de algo novo”, explica.

Mestre e doutora em Administração pela FEA, Kavita é especializada em consumo sustentável e ética em marketing. Área que tem sido tendência nos últimos anos e ainda deve ser nos próximos. “O desafio é continuar se reinventando”, conta. Para ela, é importante fazer uma ponte entre a academia e o mercado, além de sempre buscar o caminho da internacionalização das pesquisas. 

Ana Laginha e Leonardo Lapa apresentaram visões do setor privado e público. De acordo com Laginha, que ingressou no Itaú através de um programa de trainee e hoje coordena o Programa de Talentos da instituição, a gestão de pessoas é a área na Administração para quem quer gerar impacto direto na vida das pessoas. Além disso, a área também pode flertar com a academia, explica Laginha, que hoje é mestranda e estuda como o PH pode estimular o empreendedorismo dentro das corporações. 

Lapa já passou por start ups, empresas de consultoria e até pela área de gestão de pessoas. Entrou no setor público e trabalhou no Ministério da Educação e Cultura (MEC) de 2016 a este ano, quando pediu exoneração e veio trabalhar em São Paulo, na Base Nacional Curricular Comum. 

“É importante entender que existe a opção de carreira dentro do governo. O trabalho dentro do governo impacta muita gente”, explica. Segundo ele, a capacitação é essencial nesses casos. “A maioria das coisas que a gente vê não dando certo no governo são causadas por gente mal capacitada.”

 



 

Data do Conteúdo: 
segunda-feira, 2 Setembro, 2019

Departamento:

Sugira uma notícia