Novas tecnologias podem afetar 115 milhões de brasileiros

 

César Costa

 

Pelo menos 60% dos trabalhos no Brasil já poderiam ter sido automatizados. Até 2021, cerca de 115 milhões de brasileiros deverão ser afetados com as mudanças tecnológicas no mercado. A constatação é da diretora de recursos humanos da PwC Brasil, Erika Fraga, que participou do seminário internacional sobre Digital Upskilling, organizado pelo professor Gilmar Masiero, do departamento de Administração da FEAUSP, no dia 16 de abril. O evento, realizado através da plataforma Zoom, no idioma inglês, contou com a presença de internautas estrangeiros. Além de Erika Fraga, o evento teve como convidado o sócio da PwC, Geovani Fagunde.

 

Érika Fraga destacou a necessidade das empresas investirem na capacitação de seus profissionais. “Os profissionais do futuro, e os de agora também, precisam trabalhar de forma complementar com os robôs. Ou seja, robôs e humanos terão funções que se somam, e não excludentes”, previu Fraga. Nessa colaboração, segundo ela, os humanos seriam responsáveis pelo atendimento do mundo dos negócios, exercer ceticismo e julgamentos, prover novas ideias e criar relações. Por outro lado, a inteligência artificial se encarregaria de ler, classificar e estruturar Data (expressão inglês para designar dados), detectar anormalidades e erros, entre outras funções.

 

O sócio da PwC, Geovani Fagunde, disse que será inevitável o desaparecimento de alguns empregos, mas que é possível se preparar e saber como se direcionar no futuro. “Robôs ainda não são capazes de fazer julgamentos difíceis. Só humanos podem interpretar dados e informações, e esse será o trabalho da humanidade no futuro”. E avisou: “É preciso antecipar esses passos”.

 

Fagunde apontou, ainda, algumas tecnologias disruptivas que têm potencial para mudar o cenário atual no mundo. Entre elas, impressão 3D, Virtual Reality/Augmented Reality, loT, Blockchain e inteligência artificial. “Não é possível saber os impactos exatos destes cinco elementos. Esses temas serão e são importantes. É importante estarem preparados para essa discussão e entender como ela muda o hoje e o amanhã da empresa”, disse.

 

Geovani Fagunde ressaltou também a importância do uso de Data. “É preciso saber como transformar Data em informação, como transformar essa informação em conhecimento e como transformar conhecimento em ações. Depois dessa conversão, quem a fez adquire um poder maior. Só precisa saber fazê-la”.

 

O que é Upskilling?

Upskilling se refere a aprimoramento, qualificação. Trata-se de elevar capacidades e competências dos profissionais, e no caso do Digital Upskilling, o melhoramento no âmbito dessas novas tecnologias.

 

 

Data do Conteúdo: 
terça-feira, 28 Abril, 2020

Departamento:

Sugira uma notícia