EAD na trilha do empreendedorismo

O professor Moacir de Miranda Oliveira Júnior esteve em novembro passado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, acompanhado da professora Liliam Sanchez Carrete, para uma visita de uma semana. O objetivo da viagem foi conversar com os principais stakeholders do ecossistema de inovação do instituto. Essa foi uma das primeiras ações do novo chefe do departamento de Administração (EAD) da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, após assumir o cargo em outubro. “Fomos ver como podemos acelerar e aprimorar nossos processos de transferência de conhecimento e tecnologia, e fomentar o empreendedorismo, a partir da experiência do MIT”, adiantou Moacir de Miranda. 

Em entrevista ao Gente da FEA, o novo chefe do EAD disse que uma das principais metas de sua gestão é “criar uma trilha de empreendedorismo”. “Entendemos que nosso aluno é um generalista, que trabalha em corporações multinacionais, ONGs, e no setor público. Mas também queremos que, cada vez mais, nossos alunos empreendam. Estamos criando uma trilha de empreendedorismo. Vamos criar disciplinas na graduação que fortaleçam esse objetivo. Algumas disciplinas terão 50% das vagas para alunos de fora do departamento de Administração. Pretendemos atrair gente da Física, Química, Medicina, Odontologia, Zootecnia e de outros cursos da USP”, anunciou.

Além da questão do “empreendedorismo”, Moacir de Miranda ressaltou que sua gestão está preocupada e comprometida com a transferência do conhecimento e tecnologia, e com a relação da Universidade com a sociedade. “Se você pensar bem, escolas de administração e negócios, em todos os lugares do mundo, têm papel muito importante na articulação entre ciência e negócios. Queremos ter um papel de maior protagonismo no ecossistema de inovação da Universidade de São Paulo, do Estado de São Paulo e do Brasil”. Segundo ele, a USP responde por 25% do conhecimento científico produzido no país. “Precisamos levar mais conhecimento e tecnologia que é criada na USP para benefício da sociedade, em todas as áreas do conhecimento”.

Antes mesmo de assumir o cargo, Moacir de Miranda procurou a Agência USP de Inovação (AUSPIN) para estreitar relações e discutir de que forma o departamento de Administração da FEA poderia contribuir com essa proposta de aproximar a ciência dos negócios. “Podemos ajudar a USP a transformar invenção em inovação. O que é invenção? É uma descoberta. O que é inovação? É quando aquela descoberta atende a uma expectativa do mercado, da sociedade”, explicou o novo chefe do EAD. Segundo ele, a professora Liliam Carrete já assumiu uma posição na AUSPIN, onde contribuirá mais efetivamente nessa direção. Durante uma brincadeira com os colegas, Moacir de Miranda definiu assim o novo perfil do EAD: inovador, ágil e que gera impacto. Em suas palavras: “Um departamento startup”. 

Gente da FEA - dezembro de 2017
Autora: Cacilda Luna

 

Data do Conteúdo: 
quarta-feira, 6 Dezembro, 2017

Departamento:

Sugira uma notícia