EAC tem nova chefia e foca gestão em bem-estar do professor

Uma nova chefia está à frente do departamento de Contabilidade e Atuária (EAC) desde agosto deste ano. O professor Valmor Slomski assumiu o cargo no lugar de Ariovaldo dos Santos, até 2020, tendo Reinaldo Guerreiro como vice-chefe.

Com passagem como aluno na pós-graduação da FEA, Slomski soma mais de 15 anos de atividades no EAC, tendo diversas participações na vida acadêmica e administrativa do departamento. Ingressando em 2002 como docente, logo partiu para outras responsabilidades na área. Assumiu a coordenação do então Seminário USP de Contabilidade, transformado em Congresso USP de Controladoria e Contabilidade sob sua supervisão, e criou o Congresso USP de Iniciação Científica, em 2004.

Slomski foi coordenador da graduação do curso de Ciências Contábeis e do recém criado curso de Ciências Atuariais, de 2006 a 2010. Depois disso, voltou para a sala de aula, onde permaneceu até este ano, para então assumir a chefia do departamento.

Agora, no novo cargo, o professor assinala que o maior projeto para os próximos dois anos é o bem-estar do docente. Com o novo Projeto Acadêmico do EAC, a chefia ainda estabeleceu metas para as áreas de graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão.

“Eu tenho como propósito desenvolver um real apoio ao docente. Nós estamos aproveitando esse momento para construir um conjunto de políticas que vão redundar em um efetivo apoio ao professor, que eu entendo ser a melhor forma de nós, no departamento, o atrairmos para que ele se sinta realmente recepcionado e confortável em trabalhar aqui”, afirmou Slomski.

Sobre a questão do quadro de professores no departamento, o atual chefe conta que de 2013 a 2018, o número de docentes caiu 16%, de 44 para 37. Isso se dá, segundo ele, por uma série de medidas que antes recompensava os profissionais, mas que não existem atualmente. Dentro desse projeto, o objetivo é retomar as ações que valorizavam o trabalho do corpo docente. O novo chefe pretende criar prêmios para diversas categorias dentro do departamento, sempre visando incentivar o docente.

“Me parece necessário desenvolver um conjunto de atividades para que o professor, de fato, se integre e consiga observar qual é a sua produção real, e não só na questão de quantos artigos publicados, mas quantas hora aulas foram ministradas, como o conjunto de professores está fazendo suas atividades”, explicou.

Entre as categorias, Slomski destaca a importância de dar visibilidade aos docentes com maior citação de seu trabalho no meio acadêmico e promover a participação deles em pelo menos três comissões administrativas.

O novo chefe espera que o pacote de pequenas mudanças seja eficaz, principalmente na convivência do departamento, e expressa que até 2020 o ambiente no departamento será outro. “Eu estou promovendo pequenas alterações no espaço físico para que cheguemos em março do ano que vem com uma nova cara aqui no EAC. São dois anos e eu desejo que o departamento dedique seu tempo para produzir conforto para o nosso professor, para que ele desenvolva suas atividades de pesquisa, ensino, cultura e extensão, e atividades administrativas com a competência que têm, mas hoje não tem nenhum incentivo para tanto”, encerrou.

Valmor Slomski é graduado em Ciências Contábeis pela Fundação de Ensino do Desenvolvimento do Oeste (1984) com mestrado (1996) e doutorado (1999) em Ciências Contábeis pela FEAUSP. Foi supervisor em Programas de Pós-doutorado da Faculdade, professor e orientador no Programa de Mestrado e Doutorado da USP e também coordenou os cursos de Ciências Contábeis e Ciências Atuariais da FEAUSP.

Além das atividades na Universidade, ele exerceu os cargos de professor e orientador no curso de Mestrado em Administração Pública da Universidade de Cabo Verde, no continente africano. É membro do conselho editorial de diversas revistas científicas e autor dos livros “Manual de Contabilidade Pública - De acordo com as Normas Internacionais de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público”; “Controladoria e Governança na Gestão Pública”; “Governança Corporativa e Governança na Gestão Pública” e “Mensuração do Resultado Econômico”.


Gente da FEA - novembro de 2018
Autora: Bruna Arimathea 

Data do Conteúdo: 
terça-feira, 6 Novembro, 2018

Departamento:

Sugira uma notícia