Coral da FEA é uma forma de integrar as pessoas

  Filipe Fonseca ensaiando o Coral da FEA
 

Os alunos de graduação e pós-graduação, professores e funcionários da FEA têm agora mais uma opção de entretenimento e lazer no ambiente universitário: o coral. Formado recentemente, o grupo reúne seus integrantes toda quarta-feira para ensaiar e conhecer um pouco mais o mundo da música, já que é um coral amador. A iniciativa também é uma maneira de integrar as três categorias da FEA e de promover um espaço cultural maior na Faculdade. Para o ano que vem, a expectativa é que o grupo possa atrair mais pessoas.

A ideia surgiu da nova diretoria da FEA, encabeçada pelo professor Fábio Frezatti, que a apresentou ao Prof. Gilmar Masiero, presidente da Comissão de Cultura e Extensão da Faculdade. Empolgado com a iniciativa, Masiero logo pensou em convidar para coordenar o grupo o prof. Arnaldo Nogueira, do departamento de Administração, que também é músico (violonista), além de Roberta de Paula Dias, funcionária da Assistência de Comunicação e Desenvolvimento da FEA, que já tinha experiência em canto coral, tendo participado por 11 anos do Coralusp.  

      Os coordenadores do coral Prof. Arnaldo Nogueira e
      Roberta de Paula com o regente Filipe Fonseca

Juntos, eles fizeram uma visita à ECA, numa reunião com o diretor Eduardo Monteiro, com a profa. Susana Cecilia Almeida Igayara de Souza, da área de canto coral, e do prof. Marco Antonio da Silva Ramos, diretor do Coralusp, que os orientaram como proceder, indicando para regente Filipe Fonseca, formado em Música (Regência) pela ECA e que, por coincidência, é aluno da FEA, onde cursa o quarto semestre de Administração.

Os primeiros encontros do coral ocorreram em outubro, com as chamadas classificações vocais: audições em que o regente classifica os participantes de acordo com suas vozes (mais agudas ou mais graves). Logo depois começaram os ensaios das canções, que ainda estão ocorrendo. Filipe explica que a ideia inicial do coral é fazer testes de funcionamento em 2018 e crescer e se consolidar na FEA a partir do próximo ano. Atualmente, cerca de 20 membros se encontram ativos, mas o objetivo é aumentar o número, principalmente de alunos de graduação, que são a minoria.

  A funcionária Manoella Jordão
  na classificação vocal

Com alguma experiência anterior em corais amadores, é a primeira vez que Filipe é o único regente de uma turma. Mas ele garante que o projeto, até então, tem sido um sucesso, principalmente pela dedicação e vontade de aprender dos membros. “O coral é algo que só dá certo se o grupo estiver unido para ter um resultado satisfatório”, comenta. Essa união demonstra também um dos objetivos iniciais do coral: integrar as três categorias da FEA (docentes, discentes e funcionários). Não à toa, o projeto é comandado por um professor, um aluno e uma funcionária.

No dia 8 de novembro, o coral realizou um ensaio aberto, na meia-lua, em frente à Biblioteca FEAUSP, para mostrar suas atividades à comunidade feana. Por enquanto, os ensaios resultarão em uma apresentação na festa de fim de ano dos funcionários da FEA, em dezembro, mas mais apresentações estão sendo programadas para o próximo ano.

O coral da FEA está sendo mantido com patrocínio financeiro da Fundação Carlos e Diva Pinho (Funcadi), e receberá em doação um teclado da família da professora Ana Cristina Limongi-França, do Departamento de Administração.

Os ensaios do coral ocorrem toda quarta-feira, das 11h30 às 13h. São abertos para alunos (graduação e pós), professores, funcionários e ex-alunos que tenham interesse, não sendo necessária nenhum tipo de experiência prévia.

 

CORAL DA FEA

As inscrições estão abertas a novos "cantores" até o dia 12/03, pelo link: https://bit.ly/2sHbT2A

Mais informações: 3091-5933, com Roberta ou pelo email: rorpaula@usp.br

 

Filipe Fonseca e os coralistas que participaram do ensaio aberto
 

 

Gente da FEA - novembro de 2018

Autor: Bruno Carbinatto

Data do Conteúdo: 
sexta-feira, 9 Novembro, 2018

Departamento:

Sugira uma notícia