Conheça a CQV: Comissão de Qualidade de Vida

A Comissão de Qualidade de Vida (CQV) foi criada logo após a posse do prof. Fábio Frezatti em julho de 2018. A ideia principal era fazer uma comissão de prevenção e combate ao assédio moral e também no cuidado com a saúde mental na FEA.

O início do CQV

    Prof. Wilson Amorim
    Pres. da Comissão de QVT
 

A primeira responsável pela Comissão foi a professora Ana Cristina Limongi-França, que ficou quase um ano à frente da CQV, mas aposentou-se em seguida. O Prof. Wilson Amorim entrou logo depois como presidente da comissão e com a responsabilidade de seguir com trabalho que passou a se diferenciar um pouco da gestão anterior.

Amorim explica primeiro em relação ao título da comissão: “Ela foi criada com o nome de qualidade de vida mas a finalidade é de tratar de assédio e saúde mental". A proposta foi de fazer um levantamento dentro da faculdade e chegou-se à conclusão de que o assédio na FEA existe de forma difusa, mas poucas pessoas entendiam do que se tratava. 

A partir dessa informação inicial, criou-se uma estratégia de preparar as pessoas que, em tese, teriam mais contato com essas situações, os cargos de chefia principalmente. “Nós fizemos quatro palestras de informação introdutória com chefes de departamento e coordenadores de graduação. O foco foi mais nas pessoas da área administrativa e nos representantes discentes”.

Também estão sendo feitas pesquisas enquanto ao aspecto legal das questões envolvidas e como vem sendo a atuação da USP.  “Um procurador da universidade chegou a falar com a comissão. Já foi estabelecida uma parceria. Depois trouxemos um professor de direito já pensando em como lidar com situações posteriores ao assédio, além de tratar sobre práticas de conflito e escuta no ambiente acadêmico”.

Como será 2020

A ideia nunca foi esgotar o assunto, mas sim, mostrar que existem pessoas preparadas para lidar com esses problemas e que todos precisam se informar mais a respeito. Quando terminaram essa série de palestras em outubro de 2019, iniciou-se a estruturação para o primeiro semestre de 2020.

Desde o início, tomou-se por princípio que era necessário que a comissão lidasse com conceitos novos e prioritários, e isso seria feito a partir de uma mudança cultural. Na visão da CQV, será mais fácil de ser feito com os novos funcionários, estudantes ou professores ingressantes.

Também está acontecendo uma consultoria com FEA Jr para pensar um plano de comunicação com a comunidade. “Tem muitas informações que as pessoas precisam conhecer”, diz Wilson, “buscamos vincular um conteúdo que embarque as questões de assédio e saúde mental, mas mais que o conteúdo, ter uma estratégia de trabalho”. 
 

FEA júnior USP

A FEA júnior foi contratada para fazer um diagnóstico com todos os funcionários, discentes e docentes da FEA. Contou também com ajuda do Prof. Andres Veloso, da área de marketing digital da faculdade “A ideia é elaborar uma proposta de um plano de comunicação para entrada em funcionamento o mais breve". Até agora foi possível, para a Comissão, participar da recepção dos alunos. A ideia é realizar entrevistas com todos da comunidade da FEA, formule-se o diagnóstico e tenha um plano de trabalho para começar, especialmente com o pessoal da graduação.

Diagnóstico preliminar aponta para as informações que a Comissão já possuía: as pessoas sabem da existência do assédio e não sabem exatamente o que fazer no caso dele. 
 
Atividades com novos docentes, alunos e funcionários

Uma das primeiras atividades da Comissão este ano, foi reunir o grupo de novos professores (ver matéria) em um Encontro, realizado dia 6 de março, com o objetivo de apresentar a Universidade e também o trabalho desenvolvido na FEA.

"É imprescindível aproveitar a entrada dos novos integrantes da FEA” diz Amorim. Houve a preocupação de informá-los sobre toda a questão do assédio, de como aconteceu e ainda acontece, e recuperar falas antigas do próprio CQV e dos especialistas convidados.

Para novos alunos, estão sendo preparados alguns encontros. As turmas ingressantes de Administração, Economia, Contábeis e Atuariais terão pelo menos uma aula com contato direto com a Comissão de Qualidade de Vida.  

A Coordenação de Graduação e a CQV terão dois encontros também: um na última semana de abril e outra primeira semana de junho. E as áreas administrativas, acadêmicas e organizações estudantis serão envolvidas com o programa também, ainda sem uma definição exata da ação. 

Como encontrar 

A Comissão de Qualidade de Vida não atua como o intuito de resolver todos os problemas, mas sim de ouvir e encaminhar. A comissão ainda não tem um canal oficial de comunicação mas pode ser contactada pelos contatos pessoais de seus componentes. A lista de membros da Comissão segue abaixo com seus respectivos contatos.

Docentes:

  • Wilson Aparecido Costa de Amorim (Dep. de Administração) - wamorim@usp.br
  • Daielly Melina Nassif Mantovani Ribeiro (Dep. de Administração) - daielly@usp.br
  • João Vinicius de França Carvalho (Dep. de Contabilidade e Atuária) - suplente - jvfcarvalho@usp.br

Discentes:


Servidores Técnicos-Administrativos:

Gente da FEA - Abril de 2020
Autor: César Costa

Data do Conteúdo: 
segunda-feira, 30 Março, 2020

Departamento:

Sugira uma notícia