Caixa e Auspin inauguram espaço na FEAUSP

Por Cacilda Luna

 

De um lado, um banco estatal cheio de desafios para resolver na área tecnológica. Do outro lado, uma universidade pública que detém expertise para solucionar essas demandas. Com o propósito de aliar interesses e competências das duas instituições é que nasceu a parceria entre a Caixa e a Agência USP de Inovação (Auspin), celebrada em julho passado, por meio do Programa Parceiros Tecnológicos da Auspin, para o desenvolvimento e financiamento de projetos de inovação tecnológica.

 

O banco anunciou que disponibilizará em 2019 cerca de R$ 2 milhões, o dobro do previsto inicialmente, para serem investidos nos projetos desenvolvidos por pesquisadores da USP que apresentem soluções inovadoras para suas demandas. Das 37 demandas apresentadas a princípio pela Caixa à USP, 24 deram “match”, ou seja, tiveram propostas que responderam à expectativa da instituição financeira. Dessas, 14 foram selecionadas para serem executadas já no primeiro semestre.   

 

Uma das demandas da Caixa, por exemplo, é eliminar o bolor em paredes de concreto dos imóveis do programa Minha Casa Minha Vida. “A gente faz um monte de empreendimento do Minha Casa Minha Vida, e o bolor na parede traz problemas de saúde para o morador e, ao mesmo tempo, desvaloriza o imóvel”, justificou Tatiana Lacerda Ferraz, gerente da área de inovação da Caixa, ao comentar os tipos de necessidades que a instituição tem na área de inovação.

 

Outra novidade é a inauguração do Espaço Caixa Lab, um escritório localizado na FEAUSP, onde serão desenvolvidas todas as atividades relacionadas ao convênio. “Aqui vai funcionar como um hub, seja para que a gente faça reuniões entre os participantes do convênio, seja para discutir ideias novas ou colocar a mão na massa, executar os projetos”, disse Tatiana Ferraz.

 

Ao lado da assessora de coordenação da Auspin, professora Liliam Sanchez Carrete (FEAUSP), Tatiana Ferraz vistoriou a entrega da obra no dia 14 de dezembro. O Espaço Caixa Lab deverá abrir as portas para o público em janeiro. “O espaço estará aberto a todos da Universidade que queiram conversar sobre a parceria ou trazer ideias”, afirmou Liliam Carrete. O escritório fica localizado no último andar do prédio FEA-5.  

Data do Conteúdo: 
sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

Departamento:

Sugira uma notícia