Regras para Credenciamento de docentes

REGRAS PARA CREDENCIAMENTO DE ORIENTADORES E COORIENTADORES

Extraído das Normas do Programa, item X


X - ORIENTADORES E COORIENTADORES


X.1. A decisão sobre o credenciamento ou recredenciamento de um orientador será deliberada pela CPG, após encaminhamento pela CCP, baseada em seu desempenho científico, conforme critérios mínimos especificados neste regulamento. O docente será avaliado por sua capacidade de gerar publicações em periódicos com arbitragem. Os critérios de credenciamento pleno, recredenciamento, orientadores externos e coorientador são especificados como segue.


X.2. O número máximo de orientandos por orientador é 6 (seis). Adicionalmente, o orientador poderá coorientar até 3 (três) alunos.

X.3. Os credenciamentos poderão ser plenos ou específicos. Credenciamentos específicos são para orientar um determinado aluno.


X.4. O credenciamento pleno de orientadores terá validade de 4 (quatro) anos.

X.5 Para credenciamento ou recredenciamento, o solicitante deverá encaminhar pedido formal circunstanciado à CCP indicando objetivamente suas qualificações para atuar ou continuar atuando junto ao programa. Deverá anexar ao pedido o currículo Lattes atualizado ou Curriculum Vitae (no caso de candidatos estrangeiros ainda sem Currículo Lattes) atualizado.

X.6. Credenciamento Pleno de Orientadores
   X.6.1 Para o credenciamento pleno, o docente deverá ter orientado pelo menos uma dissertação de mestrado, ou tese de doutorado em programa de pós graduação. Adicionalmente, todos os candidatos deverão atender pelo menos um dos critérios abaixo (X.6.1.1 ou X.6.1.2):
     X.6.1.1. Obter pontuação mínima de 240 pontos nos últimos quatro anos . O cálculo de pontos será baseado nos seguintes critérios:
        a) Dos Periódicos estratificados de acordo com a lista no Apêndice I:
            Periódico do estrato E1: 100 pontos
            Periódico do estrato E2: 80 pontos
            Periódico do estrato E3: 60 pontos
            Periódico do estrato E4: 40 pontos
            Periódico do estrato E5:25 pontos
            Periódico do estrato E6:15 pontos
            Periódico do estrato E7: 5 pontos
      b) Dos Periódicos internacionais ausentes da lista do Apêndice I: 0 a 100 pontos a serem imputados com base no QUALIS da CAPES, com pontuação máxima de 80 pontos (estrato E2). 
     c) Dos Periódicos nacionais ausentes da lista do Apêndice I: 0 a 100 pontos a serem imputados com base no QUALIS  da CAPES, com pontuação máxima de 80 pontos (estrato E2).
      d) Dos Livros
          Livro de editora internacional: 45 pontos
          Livro de editora de âmbito nacional: 35 pontos
      e) Dos Capítulos dos Livros
          Capítulo de livro de editora internacional: 15 pontos
          Capitulo de livro de editora de âmbito nacional: 12 pontos
      f) Dos Anais
         Anais do Encontro da Anpec ou da SBE: 7 pontos
         Anais do Encontro da Sober ou da SEP: 5 pontos
         Anais de outros Encontros: 2 pontos
   X.6.1.2. Ter pelo menos 1 artigo publicado em revista de nível 1 nos últimos dois anos ou 2 artigos publicados em revista de nível 2 nos últimos três anos. As revistas de nível 1 e 2 são definidas no Apêndice II.

X.7. Recredenciamento de Orientadores
   X.7.1 Para o recredenciamento pleno, o docente deverá cumprir com os mesmos requisitos mínimos de credenciamento especificados no item X.6. Adicionalmente, o docente deve ter no mínimo uma publicação com discente ou egresso do programa.

X.8. Credenciamento Específico de Orientadores
  X.8.1. Portadores do título de doutor que não cumprirem com os requisitos mínimos de credenciamento especificados no item X.6 poderão, a critério da CCP, solicitar credenciamento específico. Nesta modalidade, os docentes  devem ter no mínimo 120 pontos em produção como especificado no item X.6. Neste caso, o docente deverá encaminhar à CCP solicitação de credenciamento específico, apresentando justificativa para orientação, projeto do aluno e Currículo Lattes atualizado. Será priorizada na análise a especificidade do projeto em relação à linha de pesquisa do candidato a orientador e seu potencial de pesquisa. O mérito da solicitação será julgado pela CCP, com base em parecer emitido por um consultor ad hoc. 
   X.8.2 O solicitante de credenciamento específico poderá orientar no máximo 2 estudantes de mestrado e/ou uma orientação específica no Curso de Doutorado.

X.9 Credenciamento de Coorientadores
   X.9.1. O prazo para o credenciamento de coorientador no curso de mestrado será de 21 meses.
   X.9.2. O prazo para o credenciamento de coorientador no curso de doutorado será de 38 meses.
   X.9.3. O prazo para o credenciamento de coorientador no curso de doutorado direto será de 48 meses.
   X.9.4. O orientador, com anuência do aluno, deverá encaminhar à CCP solicitação de credenciamento de coorientador, apresentando justificativa para coorientação, projeto do aluno e Currículo Lattes atualizado do coorientador. Será priorizada na análise a especificidade do projeto em relação à linha de pesquisa do candidato a coorientador e seu potencial de pesquisa. O mérito da solicitação será julgado pela CCP, com base em parecer emitido por um consultor ad hoc.

X.10. Orientadores Externos
   X.10.1. Colaboradores externos à Unidade deverão ter credenciamento específico e seguir as regras do item X.8.
   X.10.2. Colaboradores externos ao Programa devem ser credenciados com base nos mesmos critérios para credenciamento de orientadores plenos e observando a aderência da linha de pesquisa do candidato com o projeto de pesquisa do aluno. Sendo assim, o candidato deve:
        a) Apresentar justificativa para orientação;
        b) Apresentar projeto de pesquisa do aluno, a linha de pesquisa do docente interessado e sua produção científica;
        c) Apresentar curriculum vitae do interessado devendo constar, caso se aplique, as orientações concluídas e em andamento na USP e fora dela;
      d) Demonstrar a situação funcional e o vínculo institucional do interessado (caso o interessado não comprove vínculo institucional estável o período de permanência na instituição da USP deverá ser de pelo menos 75% do prazo máximo para o depósito da dissertação ou tese).