Seminários em História Econômica HERMES & CLIO

No dia 01 de setembro demos início às atividades referentes ao segundo semestre de 2010 do Programa de Seminários em História Econômica do HERMES & CLIO – Grupo de Estudos e Pesquisa em História Econômica da FEA/USP.


Com muita satisfação, recebemos nossa colega, Doutora Maria Alice Rosa Ribeiro. Professora Adjunta do Departamento de Economia da Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Araraquara, instituição na qual se aposentou, nossa convidada é atualmente Pesquisadora Colaboradora no Centro de Memória Unicamp (CMU), onde desenvolve o projeto intitulado “Famílias, Negócios e Empresas na economia do Oeste Paulista, 1850-1930”.

A Professora Maria Alice é Doutora em Economia pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (IE-UNICAMP), e Livre-Docente na Disciplina Formação Econômica do Brasil pela Faculdade de Ciências e Letras da UNESP, Campus de Araraquara, tendo realizado estágios de Pós-doutorado no Institute of Latin American Studies (ILAS), da University of London, na Inglaterra, e na Chemical Heritage Foundation (CHF), na Philadelphia, Pennsylvania, nos Estados Unidos.


Autora de diversos livros e artigos, dentre os quais se destaca História sem fim: um inventário da saúde pública, São Paulo, 1880-1930 — obra laureada com o Prêmio Jabuti, em 1994, na categoria Ciências Humanas —, nossa convidada apresentou os primeiros resultados do projeto que desenvolve no CMU/UNICAMP, discutindo conosco seu texto intitulado “Padrão de acumulação dos fazendeiros do Oeste, 1850-1901: primeiras notas de três estudos de caso - um Comendador, um Marquês e um Conde”.

O objetivo perseguido pela autora, em suas próprias palavras, foi o de “construir trajetórias de indivíduos, famílias e negócios com base na documentação dos arquivos do judiciário e cartoriais e, também, em almanaques, jornais, correspondências pessoais e de negócios, e em estudos de genealogia. O estudo tem a pretensão de trazer uma contribuição à História Econômica e Social de uma importante região que teve seu surgimento e apogeu econômico, social e político na segunda metade do século XIX, com a consolidação da economia cafeeira paulista”. Para tanto, sua atenção voltou-se para os seguintes protagonistas: o Comendador Francisco Teixeira Vilella; o Marquês de Três Rios, Joaquim Egidio Souza Aranha; e o Conde do Pinhal, Antonio de Arruda Botelho.


Os interessados em acompanhar as trajetórias desses três personagens, companhamento este que envolve a análise dos negócios por eles realizados, assim como dos poderosos interesses familiares aos quais estiveram vinculados, encontrarão o texto da Professora Maria Alice disponível para download na página do HERMES & CLIO.


O público presente ao seminário foi, como sempre, composto por professores da FEA que integram nosso Grupo de Estudos e Pesquisa, por colegas docentes de outras unidades da USP, a exemplo da FEA de Ribeirão Preto e do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB), por professores de outras instituições de ensino superior, como a Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), além de diversos alunos de cursos de graduação e de pós-graduação da FEA, da FFLCH, da ECA e da Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Data do Conteúdo: 
quinta-feira, 9 Setembro, 2010

Departamento:

Sugira uma notícia