Departamento de Economia Homenageia o Prof.Antonio Delfim Netto

No dia 03 de dezembro de 2009 o Departamento de Economia da FEA-USP prestou uma homenagem especial ao seu mais reconhecido professor, o Prof. Antonio Delfim Netto, Professor Emérito da USP.

 
A homenagem foi aberta no auditório da FEA onde estiveram presentes figuras importantes do cenário acadêmico, social, político e econômico nacional. Em seguida foi inaugurada a Sala Prof. Dr. Antonio Delfim Neto no prédio do Departamento de Economia, o evento foi fechado com um Coquetel em honra do homenageado.


Na seção de homenagem falaram sobre a importância do Prof. Delfim Netto para a vida nacional o Prof. Carlos Azzoni, o Prof. Andrea Calabi, o Prof. Adroaldo Moura da Silva, o Prof. Carlos Antonio Rocca, o Prof. Luis Paulo Rosemberg, O Prof. Denisard Alves, e o Dr. Octavio de Barros, Economista Chefe do Bradesco. Em seguida o Prof. Delfim Netto, emocionado, agradeceu a homenagem e falou sobre o seu trabalho no Departamento de Economia. Por último o Prof. Joaquim Guilhoto, chefe anterior do Departamento de Economia e idealizador da homenagem, entregou a placa comemorativa ao Prof. Delfim Netto e contou um pouco da história do evento.


Em seguida foi inaugurada pelo Prof. Joaquim Guilhoto a Sala Prof. Dr. Antonio Delfim Netto, um auditório para 50 pessoas, com poltronas modernas e confortáveis, a mais alta tecnologia em equipamentos de vídeo, som, computação, e com capacidade de transmissão dos seus eventos pela internet através do sistema IPTV. A sala também possui sistema wireless de internet, tomadas de energia para laptops, e sistema de ar condicionado de última geração, onde o ruído é praticamente inexistente.


A Sala Prof. Dr. Antonio Delfim Netto teve como principais patrocinadores o Banco Bradesco S.A. e a Companhia Vale, além do apoio da FIPE, da AMEFEA, do Prof. Ibrahim Eris, da Rosemberg Consultoria, e do Prof. Adroaldo Moura da Silva. No processo de captação dos recursos se destacaram os trabalhos e a dedicação do Prof. Andrea Calabi e do Prof. Carlos Antonio Luque.


A concretização da sala Prof. Antonio Delfim Netto e a realização do evento de homenagem só foram possíveis graças à colaboração e ao trabalho da excelente equipe de funcionários da FEA-USP. Em especial o trabalho e a dedicação das secretárias do Departamento de Economia, Alda Castro, Anilza Alves e Renata Dias foram fundamentais para o sucesso da homenagem.


Os presentes à homenagem foram recepcionados num coquetel, com música ao vivo, onde num ambiente de descontração e alegria tiveram a oportunidade de brindar ao Prof. Delfim Netto.


Sobre o Prof. Antonio Delfim Netto

O Prof. Antonio Delfim Netto, Professor Emérito da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), possui mais de 55 anos dedicados à vida pública, onde assumiu cargos de Professor Catedrático, Secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, Ministro, Embaixador e Deputado Federal, entre outros.


Com graduação em economia pela então Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas (FCEA) da USP, a partir de 1952, começa a exercer função de Professor desta casa. Em 1959, torna-se Professor Livre-Docente com a tese “O Problema do Café no Brasil”, que é um clássico da literatura econômica brasileira. Recebeu em 1963 o título de Professor Catedrático de Teoria do Desenvolvimento Econômico com o estudo “Alguns Problemas do Planejamento para o Desenvolvimento Econômico”.


No início dos anos 1960, além de seu cargo de professor na faculdade, desenvolve trabalhos junto à administração pública estadual e federal e durante mais de dois anos lidera os famosos seminários de teoria econômica e economia brasileira na Faculdade, verdadeira pós-graduação para vários ex-alunos e professores, muitos dos quais viriam a constituir sua equipe nos cargos que viria a assumir. A projeção acadêmica e profissional fornece a base pela qual em 1966 dá inicio a uma nova fase de sua vida, galgando os mais importantes postos dentro da administração pública. Nesse ano, foi nomeado Secretário da Fazenda do Estado de São Paulo. Já no ano seguinte, em 1967, assume a função de ministro da Fazenda. Dirige a economia brasileira entre 1967 e 1974, nos governos de Costa e Silva e Medici. O desenvolvimento econômico desse período foi tão expressivo que ficou conhecido como o do “Milagre Econômico”.


Depois de seu trabalho à frente do ministério da Economia, é enviado para a França na condição de Embaixador. Permanece em Paris de 1975 a 1978. De regresso ao Brasil, segue novamente para Brasília e ocupa o cargo de ministro da Agricultura. No mesmo ano de 1979, assume o Ministério do Planejamento. Mantém-se nesse ministério durante todo o governo Figueiredo, até 1985.


Em 1983, na USP, abraça a Cátedra de Análise Macroeconômica. Quatro anos mais tarde, em 1987, em função de toda sua iniciativa acadêmica e sua experiência profissional é homenageado pela Faculdade com o título de Professor Emérito.


De 1987 até 2006, Delfim Netto se elege seguidas vezes Deputado Federal. Em 2007 passa o coordenar uma série de seminários dentro do Departamento de Economia voltados para questões relacionadas tanto com o desenvolvimento da economia brasileira, como com o desenvolvimento da teoria econômica, além de ser presença constante em debates e na mídia, influenciando a tomada de decisões e o rumo da política e da economia brasileira.

Data do Conteúdo: 
Quarta-feira, 9 Dezembro, 2009

Departamento:

Sugira uma notícia