Delfim Netto lança livro sobre teoria econômica e problemas brasileiros

Delfim Netto lança livro sobre teoria econômica e problemas brasileiros



Veja as fotos no link: http://www.fea.usp.br/galeria.php?c=1&i=184


 

Os professores Antonio Delfim Netto, Pedro Garcia Duarte, Simão D. Silber e Joaquim J.M. Guilhoto, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEAUSP), lançaram dia 28 de novembro, em São Paulo, o livro O Brasil e a Ciência Econômica em Debate, coletânea de artigos dividida em dois volumes: O Brasil do Século XXI e O Estado da Arte em Economia. 

O evento contou com a presença de professores de Economia de várias instituições de nível superior e de economistas de diversas empresas e instituições, entre eles, Adroaldo Moura da Silva, Paulo Yokota, Paulo Picchetti e Sérgio Werlang. 

Além dos organizadores do livro, participaram do lançamento os professores da FEA Elizabeth M. M. Q. Farina, Adalberto Américo Fischmann e Edgard Bruno Cornacchione Junior, chefes dos departamentos de Economia, Administração e Contabilidade e Atuária; Ana Bianchi; Heron do Carmo, presidente do Corecon; Carlos Antonio Luque, diretor presidente da Fipe; e Eduardo Amaral Haddad, diretor de Pesquisas da Fipe. 

Durante o evento foi comemorada a posse da nova chefia do Departamento de Economia da FEA, que será exercida nos próximos dois anos pelos professores Elizabeth M. M. Q. Farina, chefe, e Joaquim José Martins Guilhoto, subchefe. 


O livro

Coordenada por Antonio Delfim Netto, um dos maiores economistas brasileiros e Professor Emérito da FEA, e escrita por renomado grupo de professores, a obra publicada pela Saraiva S/A Livreiros e Editores apresenta o que há de mais completo e atualizado na pesquisa em economia, além de discutir os principais problemas do país. 


Os dois volumes são resultado da série de seminários realizados pelo professor Antonio Delfim Netto no Departamento de Economia da FEA. 


Os artigos do volume 1, O Brasil do Século XXI, discutem a evolução e a realidade atual da economia brasileira, de forma a sugerir possíveis caminhos que definirão o país no novo milênio. A preocupação de fundo é com os desafios de longo prazo de uma economia emergente que ruma a uma posição de maior desenvolvimento e liderança no cenário internacional. 

Os capítulos cobrem vários temas importantes para o país como o setor público e a reforma tributária, progresso tecnológico e capacitação, setor externo e globalização, desenvolvimento econômico, mercado financeiro e intermediação entre investimento e poupança, agricultura, a questão metropolitana no Brasil, mercado de trabalho, desigualdades regionais e crescimento econômico, regulação e defesa da concorrência, saúde e desenvolvimento social, bem como meio ambiente e desenvolvimento econômico. 

No volume 2, O Estado da Arte em Economia, os artigos apresentam um panorama e propõem uma reflexão crítica sobre vários desdobramentos recentes da ciência econômica, que são discutidos por especialistas. Dentre os temas, destacam-se: o debate macroeconômico e as flutuações econômicas, a nova geografia econômica, a economia experimental, a metodologia da ciência econômica, a teoria econômica do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável, a demografia econômica, a contribuição da econometria para a análise econômica e o debate entre marxistas e neoliberais.



Vol 1 – O Brasil do século XXI, 400 páginas, R$ 54,00

 
Vol. 2 – O Estado da Arte em Economia, 304 páginas, R$ 68,00

 



Data do Conteúdo: 
quarta-feira, 7 Dezembro, 2011

Departamento:

Sugira uma notícia