Pós-graduação na FEA-USP


To see this information in english click here

Os alunos estrangeiros podem concorrer a vagas no Programa de Estudante-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG), oferecido pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O PEC-PG concede bolsas de mestrado e doutorado para professores universitários, pesquisadores, profissionais e graduados de Ensino Superior de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém Acordos de Cooperação Cultural e/ou Educacional. Essas bolsas são concedidas em todas as áreas de conhecimento nas quais existam programas de pós-graduação que emitam diplomas de validade nacional.

A documentação para inscrição deve ser apresentada à Embaixada do Brasil no país de origem do candidato, independentemente de onde ele estiver, por meio de correio tradicional, utilizando os formulários do Manual, disponíveis no site da CAPES.

Os documentos requeridos são:
- ser cidadão dos países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém Acordo de Cooperação Cultural e Educacional;
- não ter visto permanente no Brasil;
- no caso de ser ex-bolsista do PEC-G - Programa de Estudantes - Convênio de Graduação, ter exercido atividades profissionais em seu país de origem por pelo menos dois anos;
- apresentar Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (CELPE-Bras);
- apresentar Carta de Aceitação da Instituição de Ensino Superior (IES) constante da relação disponível nas Embaixadas do Brasil;
- enviar formulário de inscrição em língua portuguesa e duas cartas de recomendação conforme modelos constantes do Manual;
- apresentar currículo em língua portuguesa;
- apresentar plano de trabalho, em língua portuguesa, conforme modelo constante do Manual.

O candidato aprovado recebe bolsa de valor igual à do estudante brasileiro no país, isenção de taxas escolares e passagem aérea de retorno. Não estão incluídos no Programa traslados de qualquer natureza e hospedagem ao bolsista selecionado.

O processo seletivo se inicia com a seleção preliminar dos candidatos pelas Embaixadas brasileiras. A seleção final é realizada em reunião de um grupo integrado por representantes do CNPq, do CAPES e do MRE, que decide quem são os bolsistas aprovados e a quota de bolsas que caberá a cada uma das agências (CNPq e CAPES). O resultado é divulgado nos sites das três instituições.

Os países associados ao PEC-PG são os seguintes: África do Sul, Angola, Antígua e Barbuda, Argélia, Argentina, Benin, Bolívia, Cabo Verde, Camarões, Chile, China, Colômbia, Costa do Marfim, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Gabão, Gana, Guatemala, Guiana, Guiné Bissau, Haiti, Honduras, Índia, Jamaica, Mali, Marrocos, México, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Panamá, Paraguai, Quênia, Peru, República Democrática do Congo, República do Congo, República Dominicana, São Tomé e Príncipe, Senegal, Suriname, Timor Leste, Togo, Trinidad e Tobago, Tunísia, Uruguai e Venezuela.