Transferência de Orientador

O candidato ao título de Mestre ou de Doutor deve escolher um orientador, mediante prévia aquiescência deste, de uma relação organizada anualmente pela CCP. Os alunos de Mestrado ou Doutorado deverão estar vinculados a um orientador durante todo o período do curso.
É vedado que parente em linha reta ou colateral até o quarto grau seja orientador de aluno.
Os alunos ingressantes podem permanecer inicialmente sob a orientação acadêmica do Coordenador de Programa.
Esse tipo de orientação deverá ser limitado ao prazo máximo de cento e vinte dias e não será considerada no limite máximo de alunos do Coordenador. .
Ao aluno é facultada a mudança de orientador com anuência do orientador atual e do novo orientador, com aprovação da CCP.

O aluno poderá contar com um coorientador durante o curso. Para isso deve consultar os prazos e procedimentos nas normas do seu programa.

O credenciamento de coorientador deverá ser encaminhado à CCP pelo orientador, com anuência do aluno, e o curriculo lattes do coorientador proposto dentro do prazo máximo estabelecido pelas normas do seu programa.

O credenciamento poderá ser específico para um determinado aluno. Consulte as normas do seu programa se houver interesse.