2˚ Edição da Competição em Plano Estratégico de Operações

Adriana MarottiNo dia 19 de novembro, ocorreu na FEAUSP a 2˚ Edição da Competição em Plano Estratégico de Operações. A Competição faz parte da disciplina EAD 763 - Estratégia de Operações, ministrada pelos professores Leonardo Augusto Vasconcelos e Adriana Marotti. O objetivo é desenvolver planos de negócios inovadores, colocando em prática o conteúdo aprendido durante a graduação. “Esse tipo de competição é muito comum no mundo inteiro e é uma oportunidade dos alunos apresentarem os conceitos de modelagem de negócio e desenvolverem habilidades relacionadas a vender produtos”, explicou o professor Vasconcelos. A ideia é que os alunos desenvolvam habilidades para lidarem com negócios e mercados que ainda não existem. “Boa parte da formação em gestão é para negócios existentes, ou seja, você faz pesquisa de mercado, análise financeira, etc. Negócios que estão se formando precisam de um novo conjunto de habilidades.”, acrescentou Adriana.

Foram propostos três desafios: inovação na internet, inovação em 3D e inovação ligada à bioquímica. Os alunos tiveram que escolher uma dessas 3 opções e criar um negócio a partir daí, procurando sempre explorar áreas de mercado tecnológicas emergentes. Como vender uma oportunidade quando não se tem dados consolidados de mercado? Como argumentar sem cair na especulação? Esses foram alguns dos desafios enfrentados pelos estudantes. Para auxiliar os trabalhos, os professores utilizaram a abordagem orientadora McGarry, que é um método de planejamento dirigido pela descoberta, onde primeiro é definido o que seria sucesso para o negócio e, a partir dessa definição, são desenhadas as características básicas do que deve ser esse negócio, em termos de produtos, cadeias de suprimentos e procedimentos e técnicas.

Nessa edição, os trabalhos foram avaliados por uma banca de profissionais de peso, que incluiu nomes como Gilberto Almeida Gonçalves, membro administrativo da GAG Investimentos, Luciana Harumi Hashiba Maestrelli Horta, responsável por Gestão e Redes de Inovação – Natura Inovação e Rede e Tecnologia de Produtos, e Felipe Maranzato, gerente de estratégia e inovação da Natura. “Também queremos desenvolver nos alunos a habilidade de lidar com investidores”, explicou Vasconcelos.

Ao todo, 6 trabalhos foram selecionados pelos professores para a competição final. Os alunos tiveram 10 minutos de apresentação e 10 minutos de sabatina. Os critérios utilizados pela banca foram: qualidade da apresentação, o grau de novidade da proposta e a consistência do plano de negócios . Os vencedores foram: da turma 1, o grupo BR printing, de biotecidos para testes em animais. Na turma 2, foi a geladeira inteligente, que é basicamente uma geladeira conectada à internet e que faz pedidos ao supermercado on line de acordo com a utilização dos produtos.

Autora: Isabelle Dal Maso

Data do Conteúdo: 
terça-feira, 1 Dezembro, 2015

Departamento:

Sugira uma notícia