Mestrado - Investidores e empreendedores sociais: uma análise sobre as competências dos empreendedores de negócios com impacto socioambiental

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
09/11/2018 - 14:00 até 17:00

 

Halina Valdivia De Matos

Mestrado - Investidores e empreendedores sociais: uma análise sobre as competências dos empreendedores de negócios com impacto socioambiental

Orientadora: Profª Drª Rosa Maria Fischer

Comissão: Profs.  Drs. Graziella Maria Comini, Edson Sadao Iizuka e Marcelo Hiroshi Nakagawa

Local: Sala 217, FEA-5

Resumo*

O recente surgimento dos negócios com impacto socioambiental, que visam gerar resultados positivos do ponto de vista social e/ou ambiental, impulsionou o debate acadêmico no campo do empreendedorismo social. Simultaneamente, novas formas de viabilizar financeiramente esses empreendimentos emergiram, fomentando o nascimento dos investimentos de impacto. Com isso, um novo ecossistema desponta, constituído por atores que cumprem papéis complementares no fomento, apoio e acompanhamento dos negócios com impacto socioambiental. Apesar do avanço científico acerca desse fenômeno ser notável, existe uma lacuna a respeito do conjunto de competências que compõem o perfil do empreendedor social à frente desse tipo de empreendimento. Desenhou-se, então, um estudo qualitativo de caráter descritivo-exploratório, com o objetivo de levantar, junto a investidores em negócios de impacto, suas expectativas em relação ao perfil desses empreendedores. A partir da revisão bibliográfica realizada para este estudo, dezoito organizações foram identificadas como investidoras de impacto, das quais quinze aceitaram o convite para contribuir com a pesquisa, por meio de entrevistas individuais, semiestruturadas. Como resultado, as competências mais citadas espontaneamente pelos entrevistados foram, em ordem decrescente: desenvolvimento e manutenção de relacionamentos; gestão administrativa; adaptabilidade; mapeamento de oportunidades e tendências; orientação para aprendizado e inovação; persuasão; e gestão de riscos. Entretanto, as conclusões da pesquisa demonstram que as competências não costumam ser empregadas como critérios para a decisão do investimento em si. Alguns mecanismos são utilizados para compreender o perfil do empreendedor como um todo, tais como: questionários individuais, visitas ao local do empreendimento para observar a dinâmica do empreendedor com sua equipe e clientes, e referências cruzadas com membros da rede do empreendedor. Aproximadamente metade dos entrevistados citou espontaneamente a importância dos investimentos de impacto para o crescimento e evolução dos negócios investidos, especialmente por oferecerem uma contribuição estratégica e gerencial, além do aporte financeiro. De uma maneira geral, os investidores entrevistados salientaram a intenção de colaborar com os empreendedores, criando uma atmosfera positiva para a construção de um relacionamento de longo prazo. Por meio de análise comparativa entre as entrevistas realizadas, identificou-se que os investidores possuem uma visão homogênea em relação ao perfil dos empreendedores sociais e dos empreendedores tradicionais, pois não foram apontadas diferenças significativas entre eles. Para dez dos entrevistados, o único elemento diferenciador é a intenção que os empreendedores de negócios com impacto socioambiental têm de resolver questões sociais ou ambientais. As contribuições desta pesquisa estão relacionadas, portanto, à evolução do campo acadêmico e prático dos negócios socioambientais no Brasil. Com esse estudo, foi possível identificar e descrever o conjunto de competências esperadas no perfil do empreendedor social, a partir da perspectiva dos investidores. Investigações similares não foram identificadas na literatura até o momento, reforçando a necessidade, então, de novas pesquisas na área.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos