Mestrado - Instituições e meso-instituições no financiamento de Startups

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
28/01/2019 - 10:30 até 13:30

 

Helder Marcos Freitas Pereira     

Mestrado - Instituições e meso-instituições no financiamento de Startups  

Orientadora: Profª Drª Maria Sylvia Macchione Saes  

Comissão: Profs. Drs. Adriana Marotti de Mello, Matheus Albergaria de Magalhães e Paula Sarita Bigio Schnaider                            

Local: Sala 217, FEA-5

Resumo*

O financiamento de empresas em início de operação teve uma grande mudança causada pelo advento de novas tecnologias. A inovação dos softwares e da computação, principalmente após a virada do século, fez com que houvesse uma enorme redução nos custos para criação de novos produtos e serviços (Shane e Nicolaou, 2018). Entendendo que os ativos são heterogêneos, ou seja, são formados por múltiplos atributos (Barzel, 1997), a mudança tecnológica fez com que a retirada desses atributos do domínio público fosse bem menos custosa, entretanto, não houve alteração nos custos de se colocar estes produtos no mercado. Diante deste panorama, o financiamento para as startups é elemento primordial para o desempenho do segmento. Dada à importância do tema, esta pesquisa tem como objetivo principal verificar quais fatores são responsáveis por explicar diferentes resultados com relação ao ambiente de financiamento. Desta forma, à luz da teoria institucional de North (1990), entendida como as regras formais e informais de uma sociedade e à abordagem das meso-instituições de Menard (2014), que entende que há camadas intermediárias entre o nível macro institucional e o nível micro institucional, pretende-se responder aos objetivos desta pesquisa. Assim, este estudo tem como principal hipótese que as instituições e as meso-instituições são importantes para explicar os resultados quanto ao financiamento das startups. A pesquisa desenvolvida é de cunho quantitativo e qualitativo e está dividida em dois capítulos. No primeiro capítulo, pretende-se analisar como as normas e regras têm influência no empreendedorismo de oportunidade, na inovação das empresas, no financiamento por meio do mercado de ações e na disponibilidade de capital de risco. No capítulo 2, à luz do trabalho de Mernard (2014), explorou-se o papel das meso-instituições no financiamento das startups. Este capítulo está dividido em três partes: na primeira foi analisado o papel das meso-instituições em uma perspectiva bottow-up, na segunda seção foram analisadas as incubadoras como meso-instituições responsáveis por auxiliar as startups na obtenção de recursos e na última parte foram analisadas as incubadoras como meio de impulsionar a inovação e a obtenção de recursos por meio de programas de fomento. Por fim, concluiu-se que as instituições são fatores significativos para explicar as variáveis testadas e que as meso-instituições importam para explicar os diversos resultados dentro do mesmo arcabouço institucional.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos