Mestrado - Da cooperação à terra: experiências associativas em Pirituba II

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
22/09/2017 - 10:00 até 13:00

YASSER HASSAN SALEH
Mestrado
Da cooperação à terra: experiências associativas em Pirituba II
Local: Sala 215, FEA-5
Orientadora: Prof.ª Dr.ª Maria Sylvia Macchione Saes
Comissão: Profs. Drs. Rubens Nunes, Olivier François Vilpoux, Wilson Aparecido Costa de Amorim

Resumo

A caracterização social de cooperativas e organizações similares inspirou estudos científicos e ações sociais no Brasil e no mundo. A abordagem do tema inicia-se, pela economia institucional, com enfoque na concepção de estruturas de governança como nível analítico baseado na Economia de Custos de Transação (ECT). Na agricultura, as experiências cooperativas objetivaram a inserção ou manutenção de agentes econômicos no mercado. Por outro lado, no caso da questão da reforma agrária as ações governamentais tiveram a finalidade de promover a organização da produção. O papel das mobilizações sociais em defesa da reforma agrária é constatado como proponente de formas de inserção alternativas, a exemplo ao modelo de cooperativas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). O objetivo deste trabalho é compreender como as relações de poder da mobilização de grupos, como os movimentos sociais, influenciam a configuração de organizações cooperativas. Para atingi-lo toma-se o caso do assentamento Pirituba II, palco de diversas experiências que continham os elementos da mobilização política, da intervenção agrária do governo e de propostas de cooperação por diferentes atores. Os resultados demonstram que a lógica da ação coletiva intencionada pelos assentados corresponde a uma dinâmica familiar. Tomando as intervenções no sentido da indução da cooperação, observaram-se problemas da sua realização diante desta dinâmica.

Departamento:

Voltar para a página de eventos