Doutorado - Escolhas baseadas em múltiplos objetivos: a evolução do homo economicus ao homo aptabilis

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
12/09/2017 - 08:30 até 12:30

Luis Eduardo Pilli
Doutorado
Escolhas baseadas em múltiplos objetivos: a evolução do homo economicus ao homo aptabilis
Dia 12 de setembro, às 8h30, na sala 217, FEA-5
Orientador: Prof. Dr. José Afonso Mazzon
Comissão: Profs. Drs. Joffre Dan Swait Junior, Carlos Alberto de Bragança Pereira, Rafael de Vasconcelos Xavier Ferreira e Eduardo Bittencourt Andrade

Resumo

Escolhas são meios para que indivíduos e consumidores atinjam seus objetivos. São objeto de estudo em diversas disciplinas e eu me apoiei em três delas para desenvolver estas tese. Modelos normativo da economia que definem o homo economicus, modelos descritivos das teorias de decisão comportamental que forjam o homo aptabilis, capaz de fazer escolha que permitam o atingimento de seus objetivos. E modelos econométricos de escolha discreta, que permitem o uso e teste de teorias comportamentais usando métodos flexíveis e realistas. O argumento central desta tese é que modelos econométricos devem considerar a heterogeneidade do comportamento individual em todo o processo de escolha, incluindo objetivos do consumidor, estratégias de decisão, formação de conjuntos de escolha subjetivos, além de preferência. O não reconhecimento desta complexidade no processos de escolha produz modelos falsos, capturando a heterogeneidade no nível das preferência e induzindo organizações a tomarem decisões equivocadas. Para desenvolver este argumento, esta tese se organiza em três seções. Na primeira eu faço uma revisão da literatura com foco nos diversos níveis do processo de escolha onde a heterogeneidade se manifesta e relaciono os modelos de escolha com as teorias comportamentais de decisão. Na segunda seção é desenvolvido um estudo sobre os vieses provocados quando a heterogeneidade na formação de conjuntos subjetivos de escolha não é levada em consideração. Através de experimentos de Monte Carlo fica comprovado que os parâmetros de modelos econométricos de escolha são generalizadamente viesados, levando à estimadas equivocadas de probabilidades de escolhas das marcas e das elasticidades das probabilidades de escolha. Esses resultados são usados para motivar uma abordagem de teoria dos jogos que resulta em equilíbrio distante do ideal, do ponto de vista de resultados das empresas. Finalmente na terceira seção, é desenvolvido um modelo de escolha discreta baseado em múltiplo meta-objetivos e em diferentes processes de escolha individual. Mais um experimento de Monte Carlo comprova que o modelo é capaz de recuperar o parâmetros do processo gerador de dados. O modelo além de reconhecer a existência de diversos meta-objetivos que ativam diferentes regras comportamentais, também permite estudar a adaptação do processo de escolha individual em função de variáveis de contexto, de situação e individuais. O modelo articula modelos econométricos com teorias comportamentais de decisão e oferece suporte para a compreensão do homo aptabilis.

Departamento:

Voltar para a página de eventos